A CONCEPÇÃO DE FAMÍLIA EM JOHN RAWLS E HEGEL: UM BREVE COTEJO A PARTIR DOS TEXTOS JUSTIÇA COMO EQUIDADE E PRINCÍPIOS DE FILOSOFIA DO DIREITO

Ruama de Almeida Barreira, Edilson Baltazar Barreira Júnior

Resumo


O artigo propõe mostrar aproximações e distanciamentos entre John Rawls e Hegel sobre a concepção de família, conforme aparece nas obras A justiça como equidade e Princípios de Filosofia do Direito. A busca pretende encontrar ecos no trabalho de Rawls, como um dos grandes filósofos da contemporaneidade, com o texto de um dos últimos filósofos sistêmicos. A escolha de Hegel para o diálogo justifica-se porque o filósofo alemão também abordou sobre a família no contexto da justiça, além de ser um crítico do imperativo categórico de Kant, de quem Rawls é tributário.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2525-5096